Menu

Saiba como deve ser feito o cuidado bucal nos primeiros anos de vida do bebê

05 DEZ 2017
05 de Dezembro de 2017


Cuidar dos dentes desde pequeno é um investimento que traz benefícios para toda a vida. Para que a criança desenvolva uma dentição forte e saudável é necessário que os pais auxiliem na prática de bons hábitos higiênicos e alimentares. Isso inclui adotar uma alimentação equilibrada, com pouco açúcar e a escovação como parte essencial no cuidado dos dentes.

Muitos pais ainda têm dúvidas sobre quando iniciar esses cuidados e como procedê-los. Para os bebês, a especialista em Odontopediatria, Ana Cássia Facure, afirma que, enquanto a alimentação for exclusiva no peito e não há a presença de dentes, não se deve fazer nenhuma limpeza, nem com água nem mesmo com a dedeira de silicone. “A partir do momento que os primeiros dentes surgem, a higiene deve ser feita com uma escova adequada e a presença de pasta com flúor. Não indico dedeira de silicone, a não ser para fazer uma massagem quando o bebê está irritado com o nascimento dos dentes”.

Segundo a Associação Brasileira de Odontopediatria (ABO), para crianças até 2 anos, usando-se uma pequena quantidade de creme dental, aproximadamente 0,3 g, o equivalente a um grão de arroz, há segurança na quantidade de flúor ingerida em termos de fluorose dental – transtorno causado pela ingestão excessiva de flúor que deixa manchas no esmalte, comprometendo a estética dentária – e o benefício anticárie é mantido. Para crianças maiores de 2 anos, a quantidade é aproximadamente do tamanho de uma ervilha. Ana Cássia ainda alerta sobre os enxaguantes bucais, recomendando apenas a partir dos 6 anos, como está descrito na embalagem, visto que a criança não sabe bochechar antes disso e pode engolir.

A profissional orienta os pais a escovarem os dentes junto com as crianças para ajudar a criar o hábito diário da escovação, até que elas aprendam a cuidar da dentição sozinhas. “Não adianta efetuar a higiene se ela for malfeita, os pais devem supervisionar os pequenos para que realizem a limpeza de forma correta”, ressalta. A família também deve ter atenção sobre como é a escovação na escola ou creche, e saber se as professoras/instrutoras acompanham esse momento e evitam que a criança engula o creme dental, mastigue as cerdas da escova ou mesmo não realize a escovação.

“Manter uma boca saudável contribuem para uma boa aparência, mas são também importantes para boa dicção e mastigação correta dos alimentos. Medidas muito simples que cada um de nós pode tomar para diminuir significativamente o risco do desenvolvimento de cárie, gengivite e outros problemas bucais, é o uso de produtos qualificados de higiene bucal, inclusive cremes dentais que contenham flúor, além de enxaguante bucal com flúor, caso seu dentista recomende”, conclui Ana Cássia.

(Foto: reprodução Internet)

Voltar
Tenha você também a sua rádio